domingo, 14 de dezembro de 2014

EVANGELHO SÃO LUCAS 1,26-38 -- 4° DOMINGO DO ADVENTO "ANO LITÚRGICO B" -- LITURGIA PARA 21/12/2014


                         VINDE JESUS, FILHO DE DAVI !
Naquele tempo, 26 o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27 a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da virgem era Maria. 28 O anjo entrou onde ela estava e disse: "Alegra-te, cheia de graça, o Senhor é contigo!" 29 Maria ficou perturbada com essas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30 O anjo, então, disse-lhe: "Não tenhas medo Maria porque encontrastes graça diante de Deus. 31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32 Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.33 Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim." 34 Maria perguntou ao anjo: "Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?" 35 O anjo respondeu: "O espírito virá sobre ti, e o poder do altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36 Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37 porque para Deus nada é impossível." 38 Maria, então disse: "Eis aqui a serva do Senhor; faça em mim segundo a tua palavra!" E o anjo retirou-se.

Palavra da salvação.
Glória a vós, Senhor!



Nós povo de Deus, estamos neste Tempo litúrgico, 4° Domingo do Advento, preparando-nos para celebrarmos o Natal que se aproxima. O que é o Natal que celebramos..? É a manifestação no meio de nós cristãos, de um mistério profundo, acontecido no seio da virgem Maria, a escolhida de Deus.

 "O mistério da Encarnação do Verbo." É um mistério tão grande que envolveu toda a Santíssima Trindade: O Pai, mediante seu poder que é o Espírito Santo, gera novamente, no tempo e na carne seu Filho. Essa foi a maneira do mais profundo amor, que Deus quis usar da sua misericórdia a nosso favor.

 Deus Pai, na sua misericórdia infinita veio ao encontro do ser humano, revelar o seu rosto de amor, sua misericórdia, e a sua própria exegese na história da salvação de todo os seres humanos. Deus nos amou primeiro, desde toda a eternidade. ( Jr 13,3 ) Esta é toda a profundidade maravilhosa, da liturgia do Advento que hoje celebramos: Que maravilha, que glória ..! "Deus se fez carne e habitou entre nós..! ( Jo 1,14 )

Após o pecado original, Deus imediatamente usou de sua misericórdia divina, a nosso favor. Muitas vezes, fazemos uma pergunta de dúvida e ateia a nós mesmo: Deus existe..? - De onde vim..? - Para onde vou..? - Quem sou eu..? Irmãos tenhamos fé em Deus..! Perguntemos a nós mesmo: De quem eu sou..? Sou de Deus - Sou do céu - Minha meta é o céu..! Jesus é o meu  redentor, o meu salvador - Deus me ama..!

 Louvemos o Senhor sempre dizendo: Obrigado Senhor por me amar tanto..! Obrigado por me salvar da morte eterna..! Obrigado por ter nos dado Jesus..! Senhor eu creio; mas aumentai a minha fé..?!  Igreja povo do Senhor; Deus veio ao nosso encontro, deixou sua glória, que basta a si mesmo, veio até nós por amor. "Deus não nós esquece, ama-nos com eterno amor." ( Is 49,14-16. Jo 4,16-17 )

 O texto do Evangelho de hoje pertence a "Infância de Jesus," na versão Lucana esse gênero literário no estudo da hermenéutica se dá o nome de, homologese. O texto de lucas foi escrito como catequese para falar das realidades salvíficas, que Jesus veio de Deus, que Ele é o Ungido prometido por Deus Pai, anunciado pelos profetas. 

 Deus anunciou pela boca dos profetas, que não abandonaria seu povo, e nem desistiria do seu projeto de amor, de conduzir todo os homens de boa vontade ao seu Reino; ( Lc 2,8-20 ; Paz na terra aos homens Boa Vontade ) como os Anjos cantaram, naquela noite maravilhosa, nos campos aos pastores, que acorreram a estribaria, para ver o Menino Jesus na manjedoura. 

O Evangelho de hoje proclama, Deus saudando a Virgem Maria, através da boca do anjo Gabriel:  "Alegra-te, o cheia de graça, não temas Maria, encontrastes graças diante de Deus! Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande, e será chamado de Filho de Deus." A resposta de Maria, o seu sim, reconciliou a humanidade, com o Criador de todas as coisas. 

Por isso Ela é chamada, de Corredentora de todos os homens, não tem como negar isso! Não se trata de uma história banal sem importância, das sagradas escrituras, que temos de deixar de lado, como muitos que se dizem cristãos desprezam a Virgem Maria, e só querem ficar com o Filho dela. Estamos falando do grande mistério da nossa salvação.

 O "Sim" de Maria, tem um peso infinito, para a salvação de todo o gênero humano. O Evangelista Lucas, não escreveu o diálogo de Maria com o anjo, no anuncio da encarnação, sem um proposito de evangelização cristã, à igreja nascente. Com toda certeza, Lucas conheceu a mãe do Senhor pessoalmente, por isso seus escritos no Evangelho, contém testemunhos pessoais, da mãe de Jesus.

 Foi Deus, que quis assim..! Não foi o pastor sicrano ou ber-tano, que quis do jeito dele. Foi Deus que quis precisar da nossa pobre humanidade, para nos salvar da morte eterna. Por isso Maria se eleva no cantante Magnific: "Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus meu salvador. [...]" ( Lc 1,46- 56 )

Todo o Velho Testamento, é uma preparação para a vinda de Jesus. Por isso quando o povo de Deus ia desanimando por essa espera, o Senhor suscitavam no meio do povo escolhido, profetas anunciando que Deus ia cumprir suas promessas, enviando o Salvador para libertar o povo oprimido.

 "O Concilio de Éfeso, em 431 da era cristã, proclamou que Maria tornou-se de verdade Mãe de Deus para a concepção humana do Filho de Deus em seu seio: Porque o Verbo de Deus tirou dela sua natureza Divina, e é dela que tem o seu corpo sagrado dotado de alma racional unido ao qual sua pessoa, se diz que o verbo nasceu segundo a carne." (CIC. VERDADEIRO DEUS E VERDADEIRO HOMEM -- Parag 466 )

 A tradição cristã, viu em Maria, a Nova Eva, aquela que disse o seu sim para Deus, a Nova Arca de Deus, e na carne do Verbo o Novo Templo de Deus entre os homens. Jesus disse um dia aos judeus: "Destruí vós este templo, e eu o reerguerei em três dias. Mas Ele estava falando do templo do seu corpo. ( Jo 2,19-21 ) 

 Com a encarnação do Verbo de Deus, Deus construiu de verdade uma tenda no meio de nós. Na encarnação do Filho de Deus realizou-se entre Deus e o Homem uma união tão intima e profunda de modo formar dos dois um único ser, ou "uma só pessoa:" Jesus Cristo." O filho de Deus nasce em Belém de Judá terras de profetas e das promessas, cercada de gentes simples e humildes.

 Seu nome é a causa de salvação para todos os que nele confiam, especialmente os mais desfavorecidos, Ele vem nos salvar. Aquele que antes falava aos homens por meio dos profetas, isto é, de longe, ou seja, de fora da humanidade, agora nos fala no seu filho, isto é, de dentro da humanidade. ( Eb 1,1-14 ) Deus veio no meio de nós, para gerar em nós uma nova vida. 

Os homens  andavam nas trevas agora vêem a luz. Esta luz é o Verbo, o Filho de Deus, que vindo ao mundo, ilumina todos os homens. ( Jo 1,9 )  Deus realizou a sua promessa enviando seu Filho, para que toda a humanidade, se torne uma só família, adotiva em Deus, por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo. Esse projeto de amor só é possível quando cada um de nós damos o nosso sim a Deus, como a virgem Maria deu o seu sim..!

 Como fazer então Jesus vir ao nosso encontro..? Serão os nossos sins: aos pobres, aos humildes, aos infelizes, e marginalizados - a salvação e a vida de Deus. Fica para cada um de nós uma pergunta: É possível alguém entregar cegamente a Deus sem reservas..? Sem medir consequências dos prós e dos contras..? 

Quarto Domingo do Advento, enfim chegou a grande celebração do nosso Natal; voltemos os nossos olhos para o presépio nesta noite de Quinta Feira, e sintamos a unção do céu que abraça a terra e o amor, em forma de Menino, que vem morar no meio de nós..! Hoje nasceu para nós o Salvador, que é Cristo Jesus o Senhor! Aleluia glória a Deus..! Amém!

Jesus é o Senhor!

TEXTO ELABORADO DA HOMILIA DE CANTALAMESSA SUA OBRA"O VERBO SE FAZ CARNE, Pg 240-241 - ANO "B" 4° DOMINGO DO ADVENTO. "DEUS CONOSCO dia a dia, Pg 79-81 -  PORTAL DOS DEHONIANOS.















Nenhum comentário:

Postar um comentário